quarta-feira, 14 de junho de 2017

Auto-Ajuda

Todos conhecem aqueles famosos livros que são uns best-sellers e fazem render muito dinheiro a quem os escrevem. E a maioria das vezes são olhados de lado e só são tretas. Pois bem, venho aqui confessar-me que rendi-me a um desses livros e mudei a minha perspectiva. Não são assim um bicho de setes cabeças como muitos o pintam ou que estão cheios de bondega. Encontrei verdades que precisava de ouvir, outras perspectivas de ver a vida e no fundo só fez-me bem. É como se fosse uma voz amiga que ali tivesse a dizer as coisas que necessitamos ouvir, só coisas positivas. Eu rendi-me e aconselho a todos  também a renderem-se e deixarem entrar pensamentos positivos na vossa vida. E recomendo a começarem por este aqui:


Pode parecer que estou a dar uma tanga autêntica, mas não. A autora deste livro fez-me ver que temos sempre duas escolhas quando deparamos com um problema, ou entramos em pânico e estamos sujeitos a que dê-nos um fanico ou mete-mos para trás das costas e encaramos a situação com calma.  Muitas vezes, o bicho papão que pensamos que existe na realidade não existe. É essa prespectiva que precisava de ouvir, que o desconhecido não é assim tão assustador como pensamos, pode ser algo maravilhoso. Rendem-se a este livro e deixem-se levar pelo pensamento positivo. Se fez-me bem certamente também irá fazer bem a vocês. Deixem-se levar e sejam felizes.

domingo, 7 de maio de 2017

Passou-se uma semana e foi a coisa mais horrível de sempre. Deixou-me num estado de ansiedade e de pânico. Todos os dias de manhã sinto um aperto no coração, farto-me de chorar. Não foi isto que quis para a minha vida. Deixei que outros fizessem o que eles achavam o que era melhor para mim. Mas o que eles acham que é o melhor para mim está a ser uma tortura mental. O que eles dizem que é o melhor deixa-me num estado de pânico e de ansiedade. Não consigo dormir, passo os dias a chorar, não consigo comer e dizem que essa experiência é a melhor para mim. Enquanto sei que no fundo só estou a dar cabo de mim mesma. Foi culpa minha por ter deixado eles intrometerem-se no meu futuro. Não sei quanto tempo vou conseguir aguentar.

segunda-feira, 17 de abril de 2017







Elementos Secretos



Inspiração





Elementos Secretos






Cada dia que sou menosprezada e desrespeitada vai crescendo uma motivação enorme para lutar por aquilo que quero e que acredito. Sei que sou capaz. Quero mostrar aos meus inimigos que não sou uma atrasada mental e nem uma parola e que deveriam ter-me dado o respectivo valor na altura certa. Quero e fazer o meu sucesso o meu grito de vitória.