quinta-feira, 15 de maio de 2014

Ilusões



Iludo-me tão facilmente, iludo-me com coisas simples e parvas. Consigo iludir-me só com um simples sorriso e um simples olhar. E começo logo a pensar que aquilo pode ter algum significado mas na realidade é um gesto natural sem importância nenhuma. Ando dias iludida a pensar naquele olhar, naquele sorriso e depois quando a realidade aparece à minha frente, sinto-me a pessoa mais estúpida do mundo por dar importância a gestos que não tem significado nenhum. Depois da estupidez vem a dor, é como se tivesse levado uma facada nas costas. E começo a pensar que perdi aqueles dias da minha vida a pensar em quem não devia, a pensar em quem não quer saber de mim.
E digo sempre a mim mesma "nunca mais vou voltar a iludir-me por coisas estúpidas" mas passado uns dias já lá estou eu de volta a iludir-me. E o ciclo repete-se! Sou tão teimosa que teimo em não parar esse ciclo.

3 comentários:

  1. acho que todos passamos um bocadinho pelo mesmo *

    ResponderEliminar
  2. Igual... começo a fazer macaquinhos na cabeça e no fim pimba... sinto-me tao idiota.

    ResponderEliminar